Esporte & Cia

Wednesday, Jun 26th

Last update:07:50:52 PM GMT

You are here:

O piloto André Marques continua na Fórmula Truck

E-mail Imprimir PDF

Em sua sétima temporada na Fórmula Truck, o piloto André Marques tem como grande objetivo vencer uma prova em 2016. Ele já fez vários pódios com os caminhões Scania, quando guiou pela equipe de Roberval Andrade, com o Volvo, da ABF e com o MAN, no ano passado, quando ficou cinco vezes entre os cinco primeiros colocados na segunda fase. Em algumas delas, a sonhada vitória acabou escapando pelos dedos devido, principalmente, a problemas mecânicos. Ele espera que a situação mude já na primeira corrida, marcada para dia 13 de março em Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul.

``Está tudo acertado para eu permanecer. Se eu continuar de MAN ou for andar de Volkswagen Constellation, que ficou livre com a saída do Leandro Totti, não vai mudar nada. O motor é o mesmo, a única diferença é estrutural e aerodinâmica entre outros pontos. Isso ora favorece os Volks, ora os MAN. Neste ano quero muito buscar minha primeira vitória, pois já bati na trave várias vezes``, disse André Marques.

Renato Martins, dono da equipe RM Competições e o maior ganhador da história da categoria com 27 vitórias, diz que a escolha do caminhão será do próprio piloto:

``Ele é que decide se vai continuar de MAN ou se vai para o Volkswagen Constellation``, disse o ex-piloto que deixa aberta a possibilidade de voltar a correr.

Em 2015 André Marques, o piloto do caminhão 77, chegou cinco vezes no pódio e teve quatro quebras que atrapalharam muito sua vida, além do acidente na finalíssima de Londrina, quando, quase no final da corrida, capotou e a prova foi encerrada com bandeira amarela.

``Venho na luta pela minha primeira vitória. Em Guaporé era mais rápido do que o Cirino e estava deixando mais para o final a tentativa de ultrapassagem, quando o acidente com o Luiz Lopes levou a prova a terminar com bandeira amarela. Em Curitiba estava liderando quando, no finalzinho, estourou o turbo na reta, e também bateu na trave``, relembra.

Com isso, ele ficou em sexto lugar na classificação geral com 268 pontos. No final do ano ele e a equipe fizeram as contas e chegaram à conclusão de que poderia ter chegado a Londrina brigando pelo título caso tivesse concluído essas provas.

``Sem dúvida que essas posições na frente me ajudaram a continuar na RM Competições. O regulamento distribui muitos pontos e mesmo se eu não tivesse vencido uma corrida no ano passado, poderia ter chegado à briga e até ser campeão. Hoje, a regularidade é mais importante do que ganhar``, finaliza André Marques.

No dia 13 de março começa a temporada da Fórmula Truck. Os caminhões de seis montadores diferentes (MAN, Mercedes-Benz, Ford, Volvo, Scania e Iveco) estarão na pista da cidade de Santa Cruz do Sul, interior do Rio Grande do Sul, para a largada do 21º ano da mais popular categoria do automobilismo da América do Sul e que em 2015 teve média de 38.817 pessoas por corrida, a maior do continente.

Pré-calendário de 2016 *

13 de março - Santa Cruz do Sul (RS)
10 de abril - Curitiba (PR)
15 de maio - Campo Grande (MS) ou Brasília (DF)
12 de junho - Goiânia (GO)
10 de julho - Londrina (PR)
31 de julho - Interlagos (SP)
4 de setembro - Guaporé (RS)
9 de outubro - Cascavel (PR)
6 de novembro - Brasília (DF) ou Campo Grande (MS)
4 de dezembro - Curvelo (MG)

* Sujeito a alterações