Esporte & Cia

Monday, Dec 10th

Last update:11:04:38 PM GMT

You are here:

Alfa Romeo Sauber conquista pontos no GP da Espanha de F1

E-mail Imprimir PDF

O inglês Lewis Hamilton, da equipe Mercedes venceu o Grande Prêmio da Espanha de fórmula 1 na manhã deste domingo(13/05), em Barcelona. O britânico venceu pelo segundo ano consecutivo. Em segundo ficou o seu colega de equipe, o fiblandês Vatteri Bottas e em terceiro,o holandês Max Verstappen, da Red Bull

Racing.

Esta também foi a 64ª vitória de Hamilton na carreira.. Com o resultado deste domingo, Lewis passa para 95 pontos no campeonato e amplia sua vantagem na liderança para Sebastian Vettel (Ferrari - 78 pontos) e Valtteri (Mercedes - 58).

"Conseguimos acertar a qualificação ontem, mas as temperaturas subiam e baixavam hoje, as nuvens estavam chegando e não sabíamos se ia chover ou não", disse Hamilton, que continuou seu comentário: "Comecei bem, me afastando quase um segundo por volta e estava pensando *Sim, vamos continuar assim!*. Foi a nossa primeira dobradinha na temporada. Um ótimo resultado para a equipe", completou.

Pela Alfa Romeo Sauber, o piloto suéco Marcus Ericsson fiou em 13º lugar e explicou as dificuldades que teve na corrida: “Eu estava forte na primeira metade da corrida com os pneus médios, então estávamos um pouco azarados com o safety car  vindo logo após o pit stop e isso foi muito frustrante. Na segunda tentativa, lutei mais no pneu macio. O resultado foi um pouco decepcionante porque estávamos na luta e não muito longe de marcar pontos. No geral foi uma boa corrida, tive lutas muito boas e defendi bem. O fato de Charles marcar pontos é muito positivo para a equipe e, do meu lado, eu preciso me recuperar em Mônaco. ”

O monegasco Charles Leclerc chegou em 10º lugar e marcou pontos para a Sauber. “É uma ótima sensação terminar nos pontos novamente. Temos feito progressos consideráveis ??desde o início da temporada, e toda a equipe está ansiosa para continuar trabalhando duro nessa direção. Será importante manter a concentração - o próximo Grande Prémio será a minha corrida em casa, em Mónaco. Estou muito entusiasmado para pilotar pela primeira vez pela F1 por lá”.

Já o holandês Max Verstappen, da RBR foi enfático nos comentários: “O carro se comportou muito bem em todos os tipos de pneus macios e médios. Eu perdi um pouco de tempo no início atrás de Kimi, mas tive sorte porque ele acabou tendo problemas e abandonou. Depois disso, pude me acalmar e concentrar em minha própria corrida. Eu vi Sebastian se aproximando, mas eu sabia que tinha pneus relativamente novos, então seria difícil para ele ultrapassar e isso me permitiu administrar a situação muito bem. O carro sofreu alguns danos na asa dianteira, mas que felizmente não afetaram muito a performance. A peça caiu e significou apenas um pequeno alívio no peso. Consegui manter um ritmo sólido e voltar para casa com um terceiro lugar”.

A prova foi marcada pelo acidente logo após a largada, quando Romain Grosjean perdeu o controle do carro, tentou retornar à pista e acabou retirando da corrida mais dois pilotos: Nico Hulckenberg e Pierre Gasly. O finlandês Kimmi Rikkonen deixou a corrida na 27ª volta, com perda de potência no motor da Ferrari.

A próxima etapa da temporada de 2018 acontece no dia 27 de maio, às 10h10 (de Brasília). Será o Grande Prêmio de Mônaco.

 

Resultado final do GP da Espanha:

1 - Lewis Hamilton

2 - Valtteri Bottas

3 - Max VerstappenMax

4 - Sebastian Vettel

5 - Daniel Ricciardo

6 - Kevin Magnussen

7 - Carlos Sainz

8 - Fernando Alonso

9 - Sergio Perez

10 - Charles Lecler

11 - Lance Stroll

12 - Brendon Hartley

13 - Marcus Ericsson

14 - Sergey Sirotkin

Kimi Raikkonen - abandonou
Nico Hulckenberg - abandonou
Pierre Gasly - abandonou
Romain Grosjean - abandonou
Esteban Ocon - abandonou
Stoffel Vandoorne - abandonou


GRID DE LARGADA - GP DA ESPANHA 2018

1º – #44 Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 1:16.173
2º – #77 Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) – 1:16.213
3º – #5 Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) – 1:16.305
4º – #7 Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari) – 1:16.612
5º – #33 Max Verstappen (HOL/Red Bull-TAG Heuer) – 1:16.816
6º – #3 Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer) – 1:16.818
7º – #20 Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari) – 1:17.676
8º – #14 Fernando Alonso (ESP/McLaren-Renault) – 1:17.721
9º – #55 Carlos Sainz (ESP/Renault) – 1:17.790}
10º – #8 Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) – 1:17.835
11º – #2 Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren-Renault) – 1:18.323
12º – #10 Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso-Honda) – 1:18.463
13º – #31 Esteban Ocon (FRA/Force India-Mercedes) – 1:18.696
14º – #16 Charles Leclerc (MON/Sauber-Ferrari) – 1:18.910
15º – #11 Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes) – 1:19.098
16º – #27 Nico Hülkenberg (ALE/Renault) – 1:18.923
17º – #9 Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari) – 1:19.493
18º – #18 Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes) – 1:20.225
19º – #35 Sergey Sirotkin (RUS/Williams-Mercedes) – 1:19.695 **
20º – #28 Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso-Honda) – Não marcou tempo

** – Penalizado – 3 posições