Esporte & Cia

Sunday, Nov 19th

Last update:08:32:06 PM GMT

You are here:

Aline Adisaka cometirá no Mundial de SUP na Dinamarca

E-mail Imprimir PDF

A primeira vitória ela já conquistou. Batalhou e conseguiu os patrocínios para poder viajar para a Dinamarca e representar o Brasil no ISA World Sup and Paddleboard Championship. Agora, a paulista de Ubatuba, Aline Adisaka, quer fazer história e competirá em três provas distintas, tentando o ouro. Poderia até ser em quatro, mas optou pelas três, “pela falta de tempo que tive para me preparar”, falou.

O primeiro desafio será neste domingo (3), no sprint. Depois, ela volta a competir no Sup Wave e na prova técnica. “Estou muito feliz em estar aqui. Fiz uma campanha para conseguir custear minhas despesas e recebi apoios importantes. Estou feliz e agradecida”, vibrou Aline. “Quero agradecer a Harpia Consulting, Ubatuba Praia Grande Hotel, Wizard Ubatuba, Nagazaki Incorporadora, Andrea Lopes Surf School, familiares e amigos, que contribuíram na campanha e viabilizaram a minha vinda”, ressaltou.

Atual bicampeã brasileira de sup wave, campeã brasileira de sprint race e vice brasileira de sup race, ela foi a única atleta do Brasil a garantir vagas nas quatro provas do evento (também poderia ter competido na longa distância). Aline não esconde a preferência por tentar a vitória nas ondas, sua maior especialidade, mas está animada para fazer o melhor.

“Minha expectativa é de superação pessoal. Quando eu cheguei da expedição da Rússia para ao Alasca, soube que tinha conseguido as vagas e então tive poucos dias para treinar e, ao mesmo, tempo viabilizar a viagem, correr atrás de apoio”, disse. “Investi muito tempo tentando captar os recursos para vir ao Mundial e pouco tempo para treinar efetivamente”, complementou a competidora.

Ela também lamentou ter viajado sem a prancha específica de race. “Por conta das taxas serem muito caras. Mas só o fato de ter conseguido chegar, já estou feliz. É uma honra representar o Brasil nesse ISA histórico, com 42 países. Vou fazer o melhor possível”, ressaltou a atleta de 26 anos, que tem apoios da New Advance (pranchas), Remos Cresp, é treinada pela experiente Andréa Lopes e tem orientação do nutricionista Reinaldo Tubarão..